Mostrar 23 resultados

Descrição arquivística
Marialva, Portugal
Ver:

Carta de José Cardoso de Aguiar ao Capitão Felix Pereira e Rego remetendo don...

Carta de José Cardoso de Aguiar ao Capitão Felix Pereira e Rego remetendo donativo e dando informações negativas sobre Manuel Esteves, boticário, que constava das listas das pessoas capazes de servirem no cargo de juiz do Concelho de Marialva, de que a Casa dos Marqueses de Marialva era donatária, no triénio de 1774-1776.

Carta de José Joaquim Paes de Sande de Castro (corregedor da comarca de Tranc...

Carta de José Joaquim Paes de Sande de Castro (corregedor da comarca de Trancoso) ao marquês de Marialva remetendo as pautas da eleição das justiças do Concelho de Marialva para os anos de 1801-1803.

Carta de Raimundo António Cardoso de Vasconcelos (juiz), Jacinto José e João ...

Carta de Raimundo António Cardoso de Vasconcelos (juiz), Jacinto José e João de Aguiar (Vereadores) e Gregório Rodrigues (Procurador) da Vila de Marialva, atestando o recebimento da confirmação dos oficiais de justiça do Concelho de Marialva para 1785, referindo a exclusão de um dos confirmados, José Ferreira de Morais, por prova de inabilitação.

Certidão do vereador mais velho e juiz (pela ordenação) do Concelho de Marial...

Certidão do vereador mais velho e juiz (pela ordenação) do Concelho de Marialva, na falta do juiz ordinário, declarando recepção da carta do Marquês de Marialva para entregar na Câmara e que lhe foi remetida pelo procurador Constantino da Fonseca Barradas da Vila de Leomil.

Eleição das justiças da Vila de Marialva para os anos de 1795, 1796 e 1797

Eleição das justiças da Vila de Marialva para os anos de 1795, 1796 e 1797

Eleição das justiças da Vila de Marialva para os anos de 1798, 1799 e 1800

Eleição das justiças da Vila de Marialva para os anos de 1798, 1799 e 1800

Eleição das justiças que hão de servir na Vila de Marialva os três anos futur...

Eleição das justiças que hão de servir na Vila de Marialva os três anos futuros de 1801, 1802, 1803 / Auto

Excerto do processo de eleição das justiças na Vila de Marialva, de que a Cas...

Excerto do processo de eleição das justiças na Vila de Marialva, de que a Casa dos Marqueses de Marialva era donatária, para um dado triénio.

Fundamentação jurídica da ilegitimidade da separação da terça parte dos dízim...

Fundamentação jurídica da ilegitimidade da separação da terça parte dos dízimos da Igreja de Marialva em favor do Cabido de Lamego sem a necessária autorização do soberano, já que pertencia ao Padroado Real (para efeito fazem-se diversas considerações sobre os direitos de padroado).

Pauta da eleição das justiças na Vila de [Marialva], de que a Casa dos Marque...

Pauta da eleição das justiças na Vila de [Marialva], de que a Casa dos Marqueses de Marialva era donatária, durante os anos de 1783-1785?

Pauta das justiças da Vila de Marialva para os anos de 1801, 1802 e 1803

Pauta das justiças da Vila de Marialva para os anos de 1801, 1802 e 1803

Pessoas que foram eleitas para juízes nas pautas que se remeteram à secretari...

Pessoas que foram eleitas para juízes nas pautas que se remeteram à secretaria de V. Exa. das quais consta a cópia que acompanha esta e à margem vão anotadas as que têm servido os dois anos pretéritos

Petição, alegações e provisão para que José António Amado fosse dispensado da...

Petição, alegações e provisão para que José António Amado fosse dispensado da serventia no cargo de juiz da Vila e Concelho de Marialva para o qual fora eleito, nomeado e confirmado pelo Marquês de Marialva no ano de 1800.

Rol das pessoas capazes de servirem de juízes nas justiças do Concelho de Mar...

Rol das pessoas capazes de servirem de juízes nas justiças do Concelho de Marialva, de que a Casa de Marialva era donatária, nos anos de 1774-1775. Documento assinado por José Ferreira de Morais e Francisco José da Fonseca (eleitores).

Rol das pessoas capazes de servirem de juízes, e trazerem o concelho de Maria...

Rol das pessoas capazes de servirem de juízes, e trazerem o concelho de Marialva em paz

Rol das pessoas capazes de servirem nas justiças do Concelho de Marialva, de ...

Rol das pessoas capazes de servirem nas justiças do Concelho de Marialva, de que a Casa dos Marqueses de Marialva era donatária, nos anos de 1789-1791?. Documento assinado por José Cardoso de Menezes e José Ferreira de Gamboa (eleitores).

Rol das pessoas capazes de servirem nas justiças do Concelho de Marialva, de ...

Rol das pessoas capazes de servirem nas justiças do Concelho de Marialva, de que a Casa dos Marqueses de Marialva era donatária, nos anos de 1792-1794. Documento assinado por Bernardo António Pinto de Melo e Sampaio e Alexandre Ramos (eleitores).

Rol das pessoas capazes de servirem nas justiças do Concelho de Marialva, de ...

Rol das pessoas capazes de servirem nas justiças do Concelho de Marialva, de que a Casa dos Marqueses de Marialva era donatária, num dado triénio. Documento assinado por António Carlos de Gamboa e Sousa e Eustáquio José da Fonseca (eleitores).

Rol das pessoas capazes de servirem nas justiças do Concelho de Marialva, de ...

Rol das pessoas capazes de servirem nas justiças do Concelho de Marialva, de que a Casa dos Marqueses de Marialva era donatária, num dado triénio. Documento assinado por José Cardoso de Aguiar e Francisco Inácio de Sampaio (eleitores).

Rol das pessoas capazes de servirem nas justiças do Concelho de Marialva, de ...

Rol das pessoas capazes de servirem nas justiças do Concelho de Marialva, de que a Casa dos Marqueses de Marialva era donatária, num dado triénio. Documento assinado por Luís José Pinto e Luís Amado Pinto (eleitores)
Resultados 1 a 20 de 23