Subsérie 196 - Correspondência de Lubélia Stichini e Deolinda Lopes Vieira e A. Pinto Quartin

Abrir original Objeto digital

Zona de identificação

Código de referência

PT-AHS-ICS-PQ-CP-196

Título

Correspondência de Lubélia Stichini e Deolinda Lopes Vieira e A. Pinto Quartin

Data(s)

  • 1958-1961 (Produção)

Nível de descrição

Subsérie

Dimensão e suporte

8 doc

Zona do contexto

Nome do produtor

(1888 - 1993)

História biográfica

Deolinda Lopes Vieira (Santiago Maior, Beja, 8 de Julho de 1888 — São Mamede, Lisboa, 6 de Junho de 1993) foi professora primária, formada pela Escola Normal Primária de Lisboa, militante anarco-sindicalista, activista feminista.
Foi professora na Escola-Oficina n.º 1, instituição educativa em Lisboa de influência anarquista e libertária, e no ensino oficial, nos quais se dedicou ao ensino primário e à educação infantil.
Antes e durante a 1ª República, foi membro da Liga de Acção Educativa, e membro fundador do Concelho Nacional das Mulheres Portuguesas, bem como da maçonaria feminina em Portugal.
Viveu no Brasil entre 1913 e 1915, acompanhando o jornalista António Pinto Quartin, exilado político pela sua militância anarquista.
Casou em Lisboa, em 1936, com Pinto Quartin, com quem já tinha sido mãe de Orquídea Vieira Quartin, de Hélio Vieira Quartin (1916-2003) e da actriz Glicínia Quartin (1924-2006).
[adaptado da wikipedia, ver Fonte]

Nome do produtor

(1914 -)

História biográfica

Nome do produtor

(1908-1994)

História biográfica

Entidade detentora

História do arquivo

Fonte imediata de aquisição ou transferência

Zona do conteúdo e estrutura

Âmbito e conteúdo

carta manuscrita de Lubélia Quartin, residente em Lourenço Marques, dirigida ao primo Antonico. onde conta a sua trajectória como professora. Resposta do primo, dactilografada em papel timbrado do Primeiro de Janeiro (jornal) e outras cartas, em papel sem timbre. Resposta de Lubélia, dirigida aos primos Deolinda e Antonico (19-05-1959). Recortes de jornal "Lubélia Stichini". Envelopes. Programa de Recital de dança por Lubélia Stichini, a 6 de agosto de 1960, Teatro Manuel Rodrigues, com dedicatória da artista aos seus primos, Deolinda e António. Acompanhamento musical de Rádio Clube de Moçambique

Avaliação, selecção e eliminação

Ingressos adicionais

Sistema de organização

Zona de condições de acesso e utilização

Condições de acesso

Condiçoes de reprodução

Idioma do material

Script do material

Notas ao idioma e script

Características físicas e requisitos técnicos

Instrumentos de descrição

Zona de documentação associada

Existência e localização de originais

Existência e localização de cópias

Unidades de descrição relacionadas

Descrições relacionadas

Zona das notas

Nota

Localização: Caixa 3

Identificador(es) alternativo(s)

Pontos de acesso

Pontos de acesso - Assunto

Pontos de acesso - Local

Pontos de acesso - Nomes

Pontos de acesso - Género (tipologias documentais)

Identificador da descrição

Identificador da instituição

Regras ou convenções utilizadas

Estatuto

Nível de detalhe

Datas de criação, revisão, eliminação

acrescentado âmbito, alterado titulo e produtor de acordo (estava Norberto Gonzaga). 2024-03, ip

Línguas e escritas

Script(s)

Fontes

Objeto digital (Matriz) zona de direitos

Objeto digital (Referência) zona de direitos

Objeto digital (Ícone) zona de direitos

Zona da incorporação

Assuntos relacionados

Pessoas e organizações relacionadas

Géneros relacionados