Item 2 - «Avaliações, contas, diversos, etc.»

Zona de identificação

Código de referência

PT-AHS-ICS-CBA-2

Título

«Avaliações, contas, diversos, etc.»

Data(s)

  • 1862-1915 (Produção)

Nível de descrição

Item

Dimensão e suporte

16 maços

Zona do contexto

Nome do produtor

Entidade detentora

História do arquivo

Fonte imediata de aquisição ou transferência

Zona do conteúdo e estrutura

Âmbito e conteúdo

Contém:
Maço 1 - Quinta do Outeiro (condições para o seu arrendamento).
Maço 2 - «Parte de um relatório feito por meu pai, barão de Almeirim com respeito à administração de Anselmo Braancamp Freire (14 de Maio de 1875 a 9 de Novembro de 1876) e algumas outras contas».
Maço 3 – orçamento geral da Casa do barão de Almeirim para 1876.
Maço 4 – caderno onde está lançado o movimento do gado de todas as espécies, diferenças entre o movimento verificado e o declarado pelo sócio Laranja (Francisco Duarte Laranja); cópia da relação de venda em 1870 apresentado pelo sócio Laranja e notas e esclarecimentos com respeito às diferenças encontradas.
Maço 5 – documentos e contas diversas relativas à avaliação de propriedades da Casa (antigas).
Maço 6 – artigos e valores da matriz para o pagamento de atribuições de registo na partilha que se fez em 1915.
Maço 7 – relação dos géneros que ficam pertencendo ao Srº Francisco Duarte Laranja, segundo a liquidação de contas da lavoura de que é sócio o barão de Almeirim, feita no dia 25 de Dezembro de 1869.
Maço 8 – livro de entradas e saídas de cereais – 1869 a 1870.
Maço 9 – parecer sobre a dívida com a viscondessa de Portocarrero, em que é fiador Anselmo José Braancamp a favor do sobrinho, o barão de Almeirim, em 1870.
Maço 10 – relação alfabética dos foreiros e quantias que pagam (1879).
Maço 11 – relação de contas de foros com o barão de Almeirim de 1888 a 1893 inclusivé.
Maço 12 – 3 facturas de prazos do ano de 1877.
Maço 13 – contas da responsabilidade do barão de Almeirim como cabeça do casal de seu falecido pai, o barão do mesmo título desde o 1º de Março de 1862.
Maço 14 – contas da responsabilidade do barão de Almeirim como cabeça de casal por sua falecida mãe, a baronesa do mesmo título desde o 1º de Março de 1862.
Maço 15 – conta corrente com os herdeiros do 1º barão de Almeirim por foros de relação das rendas que o 2º barão de Almeirim deve ao seu irmão menor, Anselmo Braancamp Freire em 1867.
Maço 16 – maço atado com 27 cartas, relacionadas com dívidas e empréstimos contraídos nos anos 1870.

Avaliação, seleção e eliminação

Incorporações

Sistema de organização

Zona de condições de acesso e utilização

Condições de acesso

Condiçoes de reprodução

Idioma do material

    Sistema de escrita do material

      Notas ao idioma e script

      Características físicas e requisitos técnicos

      Instrumentos de descrição

      Zona de documentação associada

      Existência e localização de originais

      Existência e localização de cópias

      Unidades de descrição relacionadas

      Descrições relacionadas

      Zona das notas

      Identificador(es) alternativo(s)

      Pontos de acesso

      Pontos de acesso - Assunto

      Pontos de acesso - Local

      Pontos de acesso - Nomes

      Pontos de acesso de género (tipologias documentais)

      Identificador da descrição

      Identificador da instituição

      Regras ou convenções utilizadas

      Estatuto

      Nível de detalhe

      Datas de criação, revisão, eliminação

      Línguas e escritas

        Script(s)

          Fontes

          Área de ingresso