Item 67 - Binómio n. 32.

Open original Objeto digital

Zona de identificação

Código de referência

PT-AHS-ICS-JL-ME-AEIST-67

Título

Binómio n. 32.

Data(s)

  • 1967 (Produção)

Nível de descrição

Item

Dimensão e suporte

1 doc. (boletim, 2 exemplares); papel

Zona do contexto

Nome do produtor

(1911-)

História administrativa

A Associação dos Estudantes do Instituto Superior Técnico (AEIST) foi fundada a 11 de dezembro de 1911. Durante as décadas de 60 e 70, foi um agente importante nas manifestações e confrontos estudantis contra o regime do Estado Novo.

Nome do produtor

(1964-1987)

História administrativa

«Binómio»: Jornal da Associação dos Estudantes do Instituto Superior Técnico, cujo aparecimento data de Novembro de 1964, ano em que deixou de se publicar o Boletim (...) (vide supra n.° 29), que na sua última fase apresentava já as características que viriam a ser retomadas por Binómio.
Qualidade gráfica: Impressão em «off-set». Formato e número de páginas: 29,5 X 21,9 cm — 6/8 pág.
Regularidade (média): Sete números por ano (os primeiros 6 números são semanais).
Esta publicação apresenta características de jornal (de certo modo, e embora tendo aspectos materiais diferentes, pretende ser continuador de AEIST), de estrutura e índole cultural, dando porém especial realce aos problemas do Ensino e da Associação. Nomeadamente, sobre o Ensino (e não só o ministrado no I. S.T.), os últimos números inventariados incluem estudos, quer centrados sobre os aspectos propriamente pedagógicos, quer situados numa perspectiva sócio-cultural. Temas de divulgação científica e noticiário estudantil completam o seu conteúdo qualitativo. Binómio apresenta uma consistência temática bastante coerente com os fins associativos que procura servir." Ferreira, 1968

Teve como antecedente, o jornal AEIST, entre 1957 e 1962. Em 1962 foi retomada a publicação do Boletim, que a partir de 1964, passou a denominar-se Binómio. A partir de 1987 passou a designar-se Diferencial.

Do Binómio, o seu primeiro director, foi o estudante Tito Mendonça. (Raposo e Alvares, 2024)

Entidade detentora

História do arquivo

Fonte imediata de aquisição ou transferência

Zona do conteúdo e estrutura

Âmbito e conteúdo

Temas principais deste número do Binómio:

  • A Carta de Grenoble
    "Numa altura em que mais e mais o movimento associativo estudantil português, em consequência da já longa luta de sobrevivência que tem tido que travar e das vitórias que tem alcançado, está exigindo para si próprio o esforço e estruturação teórica e prática que o afirmem definitivamente na sociedade portuguesa (...) é extremamente importante divulgar este texto que no essencial representa ainda hoje a declaração de princípios do Sindicalismo Estudantil".

  • Problemas Sociais dos Estudantes
    "Conclusões finais sobre os problemas sociais:

    1. Apesar de o estudante universitário ser um privilegiado, ¼ dos estudantes da Universidade de Lisboa tem emprego. Esta percentagem eleva-se para cerca de ⅓ no sexo masculino.
    2. Como segundo índice de dificuldades económicas o facto de a percentagem dos que “Provêm do seu sustento” ser superior à dos que trabalham para “Apenas auxílio”.
    3. As Escolas com Alunos Voluntários são as que apresentam maior percentagem de empregados.
    4. A correlação Emprego-Curso não é grande, em média, o que é novo indicativo de necessidades.
    5. Esta correlação é grande nas Escolas com Regime Voluntário, visto que correspondem ao tipo de emprego de uma zona urbana como é Lisboa
    6. Numa Escola ligada à Indústria como é o caso do IST a correlação é muito baixa, o que não seria de admitir, embora a área de Lisboa seja a mais industrializada do país.
      (...)
    7. Uma percentagem elevada de estudantes da Universidade de Lisboa são pessoas empregadas que aspiram a uma “promoção social”. Uma pequena percentagem ingressa na Universidade depois dos 25 anos".

Avaliação, seleção e eliminação

Incorporações

Sistema de organização

Zona de condições de acesso e utilização

Condições de acesso

Condiçoes de reprodução

Idioma do material

    Sistema de escrita do material

      Notas ao idioma e script

      Características físicas e requisitos técnicos

      Instrumentos de descrição

      Zona de documentação associada

      Existência e localização de originais

      Existência e localização de cópias

      Unidades de descrição relacionadas

      Descrições relacionadas

      Zona das notas

      Nota

      Localização: JL-ME caixa 6

      Nota

      Digitalização mediada pelos membros da equipa do jornal Diferencial (jornal dos estudantes do Instituto Superior Técnico): João Dinis Álvares (Diretor),
      Francisca Branco (Coordenadora das Infraestruturas e do Site), Vasco Lourenço (Co-organizador da exposição "Estudantes de Abril") e Filipa Rio (membro do Departamento de Design).
      O site do jornal pode ser consultado aqui: https://diferencial.tecnico.ulisboa.pt/
      A digitalização realizou-se com fim a uma investigação para a exposição "Estudantes de Abril" (4 a 30 de abril de 2024, Instituto Superior Técnico) no âmbito das comemorações dos 50 anos do 25 de abril de 1974.

      Identificador(es) alternativo(s)

      Pontos de acesso

      Pontos de acesso - Local

      Pontos de acesso - Nomes

      Pontos de acesso de género (tipologias documentais)

      Identificador da descrição

      Identificador da instituição

      Regras ou convenções utilizadas

      Estatuto

      Nível de detalhe

      Datas de criação, revisão, eliminação

      Âmbito e Conteúdo adaptado por jps com base nas descrições produzidas pela equipa do jornal Diferencial em 2024 no âmbito da pesquisa para a exposição "Estudantes de Abril".

      Línguas e escritas

      • português

      Script(s)

        Fontes

        Objeto digital (URI externo) zona de direitos

        Objeto digital (Referência) zona de direitos

        Objeto digital (Ícone) zona de direitos

        Área de ingresso