Mostrar 158 resultados

Descrição arquivística
39 resultados com objetos digitais Mostrar resultados com objetos digitais
Coleção Ana Vicente
PT/AHS-ICS/AV · Fundo · 1885-1982

Conjunto de publicações preservadas por Ana Vicente, cujo eixo temático é o género feminino. Tratam-se de publicações maioritariamente produzidas no contexto português, contendo também publicações de âmbito internacional (França, Espanha e Inglaterra).

Vicente, Ana
Colecção Arquivo de História Social
PT/AHS-ICS/CAHS · Fundo · 1943-1994

Engloba documentos de diferente proveniências sobre Extrema-esquerda, partidos de direita e partidos de esquerda; movimentos nacionalistas africanos e outros movimentos anticoloniais, Movimento feminista, Movimento sindical, Frente Patriótica Nacional,

Arquivo de História Social
Mensário II, n. 7 :: jan24 :: Feminismo e Eugenia
PT/AHS-ICS/DIV-05-007 · Item · 2024-01
Parte de A Divulgação AHS/ICS-ULISBOA

Divulgação sobre duas brochuras do Espólio de Pinto Quartin, que articulam Feminismo e Eugenia, por Ricardo Gomes Moreira, estudante de doutoramento em Antropologia no ICS-ULisboa. Inclui também secção sobre recente disponibilização da Coleção da Associação Tchiweka de Documentação (ofertada em junho de 2023); sobre um documento do Espólio de Pinto Quartin, escolha do arquivista do AHS, João Pedro Santos, e sobre a Exposição temporária "Há sempre alguém que diz não".

Moreira, Ricardo Gomes
PT/AHS-ICS/DIV-06-04 · Subsérie · 2024-05-22 - 2024-09-30
Parte de A Divulgação AHS/ICS-ULISBOA

Reúne materiais gerados pela Exposição “A Paz, o Pão, Habitação…”: Valores de Abril em Autocolantes; Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa, 22 de maio de 2024 a 30 de Setembro de 2024; Curadoria: Inês Ponte, Annarita Gori, João Pedro Santos, AHS/ICS-ULisboa

"Através de autocolantes que fazem parte do acervo do Arquivo de História Social do ICS-ULisboa, esta exposição evoca os valores fundamentais de Abril: a Paz, o Pão, a Habitação, a Saúde e a Educação, como expressa a canção “Liberdade” escrita por Sérgio Godinho, há 50 anos. Quantos destes valores parecem hoje estar ainda por cumprir? Em jeito de balanço sobre os desafios que ainda se colocam aos valores de Abril, a exposição dialoga também com recursos visuais contemporâneos. Apropriando-nos dos autocolantes, na época um meio de divulgação comum, esta exposição sobre a intemporalidade dos valores de Abril é também uma forma de celebrarmos a expressão popular.
“A Paz, o Pão, Habitação…”: valores de abril em autocolantes tem por base a coleção de autocolantes proveniente de António Costa Pinto, investigador do ICS-ULisboa".

Ponte, Inês
Espólio Deolinda Lopes Vieira
PT/AHS-ICS/DLV · Fundo

A documentação reunida segue de perto a trajectória biográfica de Deolinda Lopes Vieira: professora primária na Escola-Oficina n. 1 ( de influência anarquista e libertária) e no ensino oficial, dedicou-se à educação de crianças do ensino primário e infantil, colaborando em revistas pedagógicas; militante feminista, participou na organização de várias associações, entre elas o Conselho Nacional das Mulheres Portuguesas, desde a sua fundação em 1914 até à extinção em 1946; e na maçonaria feminina – Loja Humanidade do Direito Humano – desde a sua fundação em 1923. Alguma da documentação foi identificada como tendo pertencido a Adolfo Lima (1874-1943), figura destacada do grupo de pedagogos anarquistas portugueses da primeira metade do século XX, com quem a família Quartim privou de perto. Outra é dirigida ou pertenceu a António Pinto Quartim, nomeadamente correspondência ou documentos pessoais, como por exemplo a carteira profissional de jornalista. Sempre que tal acontece remete-se a consulta para o Espólio Pinto Quartim, já à guarda do AHS desde 1979.

Vieira, Deolinda Lopes.
PT/AHS-ICS/DLV-007 · Série · 1926
Parte de Espólio Deolinda Lopes Vieira

A revista foi editada entre 1917 e 1946.
Existências: Ano X (XII), n.º 3 (terceiro trimestre de 1926); n.º 4 (quarto trimestre de 1926); Ano XII (XIV), nº 2 (Março-Abril de 1928); Ano XIV (XVI), n.º 1-2 (Janeiro-Fevereiro de 1930); Ano XVI (XVII), nºs 11-12 (Novembro-Dezembro de 1931); nº 11 (Março de 1944); n.º 12 (Outubro de 1944); nº 13 (Março de 1945); n.º 14 (Novembro de 1945) e n.º 15 (Maio de 1946) ;16 cm.

Conselho Nacional das Mulheres Portuguesas
Conselho Nacional das Mulheres Portuguesas
PT/AHS-ICS/DLV-013 · Item · 1946
Parte de Espólio Deolinda Lopes Vieira

Circular da Direcção do Conselho Nacional das Mulheres Portuguesas sobre a alteração da lei eleitoral (Lei nº 2015, de 28 de Maio de 1946) e o voto da mulher. A nova lei eleitoral, mais alargada que a de 1931, continuava a exigir ainda requisitos diferentes para os homens e para as mulheres eleitores da Assembleia Nacional

Conselho Nacional das Mulheres Portuguesas
PT/AHS-ICS/DLV-051 · Item · 1947
Parte de Espólio Deolinda Lopes Vieira

Exposição realizada no salão da Sociedade Nacional de Belas Artes em Janeiro de 1947 (182 fl.; 23 cm)
O documento encontrava-se, erradamente, com o título "Catálogo da Exposição de Livros Escritos por Mulheres Portuguesas". O título correto é "Catálogo da Exposição de Livros Escritos Por Mulheres".

Conselho Nacional das Mulheres Portuguesas
PT/AHS-ICS/DLV-052 · Item · [1931]
Parte de Espólio Deolinda Lopes Vieira

Deolinda Lopes Vieira pelo Conselho Nacional das Mulheres Portuguesas / Congresso Internacional de Protecção à Infância, realizado em Lisboa em Outubro de 1931. Contém para além da comunicação de Deolinda Lopes Vieira, membro da Comissão de Educação do Conselho Nacional das Mulheres Portuguesas, as conclusões das comunicações de Adelaide Cabete, «Protecção à mulher grávida e á criança»; A.C. do Amaral Frazão, «Assistência e educação à infância desvalida»; Vitória Pais Freire de Andrade, «A influência dos espectáculos públicos na educação»; Adelaide Cabete, «A luta anti-alcoólica nas escolas»; Adelaide Cabete, «O ensino da puericultura na escola infantil» e Deolinda Lopes Vieira, «A educação dos anormais». (15 fl.; 23 cm)

Conselho Nacional das Mulheres Portuguesas