Mostrar 3510 resultados

Descrição arquivística
Aqui é Portugal (fantasia colonial)
PT/AHS-ICS/PQ-CP-061-3 · Item · [1943]
Parte de Espólio Pinto Quartin

manuscrito dactilografado com anotações manuscritas, de peça de teatro sobre "fantasia colonial", expressão usada pelo presidente Carmona na sua viagem às colónias.

Carta dirigida a Ricardo Covões
PT/AHS-ICS/PQ-CP-061-1 · Item · 10-01-1943
Parte de Espólio Pinto Quartin

rascunho com anotações manuscritas de carta sobre ideias para uma publicação revista-fantasia de costumes coloniais, propondo Manuel de Resende, poeta, jornalista angolano.

"Portuguese and Colonial Bulletin"
PT/AHS-ICS/JL-MNA-88 · Série · 1965-1973
Parte de Colecção José Laranjo

O Portuguese and Colonial Bulletin foi publicado em Londres entre 1961 e 1974 pelo Grupo de Democratas Portugueses em Inglaterra (GPDI). Contém: vol. 9, nº2; jul. 1969; vol. 10, nº1; abr. 1970; vol. 10, nº2; jul. 1970; vol. 10, nº3; out. 1970; vol.11, nº1; jan. 1971; vol. 11, nº3; jul. 1971; vol. 11, nº4; out. 1971 e vol. 12, nº2; abr. 1972.

Grupo de Democratas Portugueses em Inglaterra
Colecção Fátima Patriarca
PT/AHS-ICS/FP · Fundo · 1960-1984

Documentação sobre a extrema-esquerda em Portugal, sobre o Maio de 68 em França, sobre o movimento estudantil e o movimento sindical em Portugal, sobre a Frente Patriótica de Libertação Nacional, os movimentos nacionalistas africanos e sobre a Philips Portuguesa.

Patriarca, Fátima
Colecção José Barreto
PT/AHS-ICS/JB · Fundo · 1960-1975

Documentação sobre o movimento estudantil, sindical, nacionalismo africano, Black Power, Frente Patriótica de Libertação Nacional, extrema esquerda, igreja católica, e outras organizações políticas.

Barreto, José
Colecção António Barreto
PT/AHS-ICS/AB · Fundo · 1953-1981

Documentação referente à Extrema-Esquerda, Frente Patriótica de Libertação Nacional, Movimento estudantil e Movimentos Nacionalistas Africanos, recolhida por António Barreto, em Portugal e no estrangeiro.

Barreto, António.
PT/AHS-ICS/DIV-05M-008 · Item · 2024-04
Parte de A Divulgação AHS/ICS-ULISBOA

Número especial 50 anos do 25 abril, com destaque para documentação com acesso digital recente: Luta Popular (jornal do MRPP, 1971) da coleção José Laranjo, com presença na exposição de longa duração do Museu Nacional Resistência e Liberdade, no Forte de Peniche; Binómio (jornal da AEIST, 1964-1987) que se encontra nos fundos José Barreto, José Laranjo, Maria Teresa Reis e Vítor Matias Ferreira, presente na exposição temporária "Estudantes de Abril", organizada pelo jornal Diferencial (AEIST).
Inclui ainda a escolha do arquivista, com foco na visibilidade de Catarina Eufémia através da música de Intervenção; as exposições "Há Sempre Alguém que Diz Não" (Câmara Municipal de Grândola) e "Estudantes de Abril" (Jornal Diferencial, AEIST), a decorrer em abril de 2024 e a exposição “A Paz, o Pão, Habitação…”: Valores de Abril em Autocolantes (Arquivo de História Social/ICS) a decorrer entre maio e setembro de 2024. Conta, também, com uma chamada para trabalhos para o Congresso "A Imprensa de Exílio(s)".

Este número do Mensário divulga ainda o Fundo Manuel António Bôto, com o contributo de Patrick Figueiredo, estudante de doutoramento em História no PIUDHIST. O autor foca-se no diário "Memórias da Guerra Civil de Espanha", fotocópia de um texto datilografado em São Paulo, entre 1960 e 1966, pelo ex-militante anarco-sindicalista e ex-agente secreto da república espanhola. Inclui também a divulgação das novidades no catálogo do AHS, com texto da autoria do antropólogo João Pina-Cabral intitulado "Núcleo Euroasiáticos em Macau: recolhas de campo de João Pina-Cabral (1989-91)".

Figueiredo, Patrick
Boletim de Estudos Operários
PT/AHS-ICS/DIV-01BEO · Série · 1982-1986
Parte de A Divulgação AHS/ICS-ULISBOA

Numa democracia recente, foram 9 números, 2 por ano, com apanhados de literatura sobre uma área de estudos emergente à época em Portugal, o operariado, e de noticias sobre arquivos nacionais e internacionais focados nessa dimensão. Tem pontualmente informações sobre coleções e doadores do então Arquivo das Classes Trabalhadoras, atual Arquivo de História Social. Tiragem: 250 exemplares. A partir do número 7 de 1985 Maria Filomena Mónica passa a directora da revista

Mónica, Maria Filomena.