Mostrar 3447 resultados

Descrição arquivística
PCP - Campanha de Fundos
PT/AHS-ICS/ACP-ICON-AUT-01-001 · Item · 1975
Parte de Colecção António Costa Pinto

Autocolante do PCP alusivo a campanha de recolha de fundos. O autocolante refere o nome de Pedro Soares (militantes comunista e um dos participantes na fuga de Peniche) e de sua esposa, Maria Luísa Costa Dias (militante comunista, membro do MDM e representante da organização na Federação Democrática Internacional de Mulheres.
Faleceram num acidente de viação em 10 de maio de 1975.

PCP - Partido Comunista Português
UDP - Lutar pela escola de Abril
PT/AHS-ICS/ACP-ICON-AUT-14-001 · Item · 1978
Parte de Colecção António Costa Pinto

Autocolante produzido pela União Democrática Popular (UDP) alusivo ao Encontro Nacional de Professores realizado na Faculdade de Letras de Lisboa nos dias 1 e 2 de julho de 1978.

PT/AHS-ICS/DIV-06-04-001 · Item · 2024-05-22 - 2024-09-30
Parte de A Divulgação AHS/ICS-ULISBOA

Exposição “A Paz, o Pão, Habitação…”: Valores de Abril em Autocolantes; Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa, 22 de maio de 2024 a 30 de Setembro de 2024; Curadoria: Inês Ponte, Annarita Gori, João Pedro Santos, AHS/ICS-ULisboa

"Através de um conjunto de autocolantes que fazem parte do acervo do Arquivo de História Social do ICS-ULisboa, esta exposição evoca os valores fundamentais de Abril: a Paz, o Pão, a Habitação, a Saúde e a Educação, como expressa a canção “Liberdade” escrita por Sérgio Godinho, há 50 anos. Quantos destes valores parecem hoje estar ainda por cumprir? Em jeito de balanço sobre os desafios que ainda se colocam aos valores de Abril, a exposição dialoga também com recursos visuais contemporâneos. Apropriando-nos dos autocolantes, na época um meio de divulgação comum, esta exposição sobre a intemporalidade dos valores de Abril é também uma forma de celebrarmos a expressão popular.
“A Paz, o Pão, Habitação…”: valores de abril em autocolantes tem por base a coleção de autocolantes provenientes de António Costa Pinto, investigador do ICS-ULisboa".