TRABALHO

230 Descrição arquivística resultados para TRABALHO

1 resultados diretamente relacionados Excluir termos específicos
À Classe Operária !
PT/AHS-ICS/CO-056 · Item · 1969-02-21
Parte de Colecção César Oliveira

Greves por aumento de salários, pagamento do 7º dia e ao mês: Covina, Intar, Fábrica de Cimentos Tejo, Firestone, Fábrica de Tecidos Torres Novas, etc.
Documento produzido pela Direcção da Organização Regional de Lisboa do Partido Comunista Português

PCP - Partido Comunista Português
PT/AHS-ICS/PQ-P-222 · Item · 1918
Parte de Espólio Pinto Quartin

A Comissão de Estudo e Reclamações de Salário era constituída por delegados das Associações de Classe dos Caixeiros de Lisboa, Empregados de Escritório, Empregados de Bancos e Câmbios de Lisboa, Caixeiros Viajantes, de Praça e Representantes Comerciais

PT/AHS-ICS/DIV-06-04 · Subsérie · 2024-05-22 - 2024-09-30
Parte de A Divulgação AHS/ICS-ULISBOA

Reúne materiais gerados pela Exposição “A Paz, o Pão, Habitação…”: Valores de Abril em Autocolantes; Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa, 22 de maio de 2024 a 30 de Setembro de 2024; Curadoria: Inês Ponte, Annarita Gori, João Pedro Santos, AHS/ICS-ULisboa

"Através de autocolantes que fazem parte do acervo do Arquivo de História Social do ICS-ULisboa, esta exposição evoca os valores fundamentais de Abril: a Paz, o Pão, a Habitação, a Saúde e a Educação, como expressa a canção “Liberdade” escrita por Sérgio Godinho, há 50 anos. Quantos destes valores parecem hoje estar ainda por cumprir? Em jeito de balanço sobre os desafios que ainda se colocam aos valores de Abril, a exposição dialoga também com recursos visuais contemporâneos. Apropriando-nos dos autocolantes, na época um meio de divulgação comum, esta exposição sobre a intemporalidade dos valores de Abril é também uma forma de celebrarmos a expressão popular.
“A Paz, o Pão, Habitação…”: valores de abril em autocolantes tem por base a coleção de autocolantes proveniente de António Costa Pinto, investigador do ICS-ULisboa".